Novela Os Nossos Dias: resumo dos próximos episódios

novela-os-nossos-diasNovela Os Nossos Dias – a RTP Portugal  divulgou no resumo dos próximos episódios de Os Nossos Dias que Marta aproveita o momento a sós com Susana e pede-lhe que fique a tomar conta da irmã à noite, porque ela marcou um jantar com Gabriel. Susana fica radiante pela mãe, mas aproveita para lhe pedir para convidar David a fazer-lhe companhia.Na novela Os Nossos Dias, episódio de segunda-feira, 14 de abril – Episódio 145 – Bárbara agradece a Patrícia por tê-la acolhido e confessa que quando se apercebeu que estava quase a ir para a cama com Ruben, fugiu de casa dele a sete pés. Patrícia afirma que, pelo menos, a experiência serviu para ela perceber de vez que ainda gosta de Nuno. Bárbara não desmente mas diz que não é capaz de lhe perdoar por tê-la traído com Tatiana e muito menos agora que a convidou para jantar. Patrícia faz-lhe notar que ele só fez isso para a picar, vigando-se por ela também ter levado Ruben lá a casa. A amiga confessa que se sente perdida e sem saber o que fazer. Nuno deambula pela casa, depois de Tatiana se ter ido embora, furiosa por ele lhe ter chamado Bárbara enquanto a beijava. O pianista bebe vinho de um só trago e tem a tentação de ligar para Bárbara. No entanto acaba por desistir e vai continuar a beber no quarto. Carla regressa do café com Ricardo e vem a falar alto, meia embriagada. Levada pela excitação do momento, atira-se aos beijos a Ricardo que tenta afastá-la. O barulho é tanto que Ana acorda e vai pedir-lhes satisfações. Ricardo pede desculpa por Carla que vai com ele contrariada para o quarto. Ele deita um último olhar a Ana que o trata com desdém, pois ambos têm pena de não ficarem juntos. Daniela também acorda e protesta por a terem tirado da cama, chamando banana ao primo por não acabar de vez com Carla para ficar com Ana. Susana está enfadada por não poder estar com David, que está a trabalhar no café, mas fica mais animada quando recebe uma mensagem dele a dizer que está a morrer de saudades. Marta constata que a filha está completamente apaixonada, mas já não gosta quando ela pergunta se ela não recebeu alguma mensagem de amor de Gabriel. Luísa tenta falar com Gonçalo mas a chamada vai sempre para a caixa de mensagens. Luísa suplica-lhe que a atenda, pois pretende explicar-se por se ter envolvido com Rodrigo. Bárbara regressa a casa pela manhã e Nuno tenta conversar com ela em busca da reconciliação, chegando a revelar que entre ele e Tatiana não se passou coisa alguma de especial. Bárbara prefere alimentar a ideia de que passou a noite com Ruben e recusa-se a conversar com o marido e tão pouco a revelar que passou a noite em casa de Patrícia. João acorda todo dorido por ter dormido no sofá. Laura insiste em saber porque é que Bárbara passou a noite lá em casa mas o filho diz para a mãe deixar a rapariga em paz com os problemas que tem com Nuno. João repara que o pai está muito calado e ele confessa que está na expectativa do que vai resultar do encontro entre Eduardo e Adalberto, que pode solucionar de vez os mistérios em redor do acidente que Fernando sofreu. Patrícia manda Célia limpar o gabinete de Eduardo, recomendando-lhe que o deixe pronto antes de ele chegar. Como sempre, a empregada contesta as orientações, antes de começar a trabalhar. Quando se prepara para começar a fazer a limpeza, repara numa revista e senta-se na cadeira do empresário a lê-la. Na receção, Patrícia é surpreendida pela chegada de Eduardo, assumindo que não esperava vê-lo ali tão cedo. Ele pergunta se demoram muito a limpar o gabinete e Patrícia responde que demorará apenas uns minutos. Eduardo acaba por não dizer nada pois tem de atender uma chamada de Otília. A mulher mostra-se preocupada por ele ter saído tão cedo de casa e pede-lhe que explique o que se está a passar. Ele reage com nervosismo e responde que fala com ela mais tarde. De imediato, dirige-se ao gabinete e apanha Célia sentada na sua cadeira a ler tranquilamente a revista. Eduardo tem um acesso de fúria e faz um escândalo. Patrícia, alertada pelos gritos do cliente, inteira-se do que se passou e retira Célia do gabinete. Lá fora exige-lhe que diga o que se passou. A empregada inventa que sentiu mais uma dor e que teve de se sentar na cadeira de Eduardo. Patrícia percebe que, mais uma vez está a mentir e despede-a. Célia ainda diz que precisa do emprego mas Patrícia reforça que já devia ter tomado a decisão mais cedo.

Novela Os Nossos Dias RTP: resumo dos próximos episódios

Notícias:
Novela Os Nossos Dias – Novos personagens
Novela Os Nossos Dias – novo horário
Novela Os Nossos Dias: a saga da Família Brito

Comente esta novela no final da página

Na novela Os Nossos Dias, episódio de segunda-feira, 21 de abril – Episódio 156 – Daniela fica em estado de choque quando Simão lhe revela que foi infectado com o vírus da SIDA por uma aluna com quem se relacionou anteriormente. O professor explica que é tão vítima quanto ela e aconselha-a a fazer o teste rapidamente. Daniela está demasiado desorientada e expulsa-o de casa aos gritos. Simão sai de casa cabisbaixo e deseja que ela tenha mais sorte do que ele. Susana e Beatriz passam pela mercearia do senhor Gomes e anunciam que deixaram Henrique na centra de táxis com o pai. Bela fica curiosa para saber porque é que o filho foi falar com Paulo mas Beatriz corta a conversa e diz que ele lhe pediu segredo. Bela resigna-se a saber mais tarde qual foi o tema da conversa e vai ajudar a amiguinha a escolher um chocolate. Marta aproveita o momento a sós com Susana e pede-lhe que fique a tomar conta da irmã à noite, porque ela marcou um jantar com Gabriel. Susana fica radiante pela mãe, mas aproveita para lhe pedir para convidar David a fazer-lhe companhia. Marta acede, desde que ela se porte bem e Susana garante a rir que ela pode confiar. Henrique espera que Paulo regresse à Imperial Táxis e depois de lhe dizer com gravidade que lhe quer fazer um pedido de homem para homem, manifesta o desejo de ir viver com a mãe e Filipe na Alemanha. A primeira reacção do pai é opor-se e acusar a mãe de o ter induzido a ir falar consigo. Henrique esclarece que ela nem sabe de nada e que nunca mais quer ver a mãe a chorar, pois está muito infeliz longe do companheiro. O miúdo acrescenta que vão continuar a ver-se nas férias e nas quadras festivas. Paulo comove-se e abraça o filho, constatando que ele já está muito crescido e se tornou num verdadeiro homenzinho. Depois do funeral do pai, Rodrigo telefona a Marta e convida-a e a Beatriz para jantar, estendendo a proposta a Susana, se ela quiser. Marta fica embaraçada por ter de recusar, mas explica que já tinha compromissos assumidos para essa noite. Rodrigo disfarça com grande esforço a sua irritação, mas mostra-se compreensivo e pede para ver Beatriz no dia seguinte. Quando desliga o telefone, adopta uma expressão de raiva incontida por não ter conseguido os seus intentos. Ainda com Marta a olhar com perplexidade o telemóvel, Bela vê entrar Henrique na mercearia e pergunta-lhe se a foi visitar, ficando mais espantada ainda por ver Paulo a entrar também. Já um pouco apreensiva pergunta-lhes se têm algo para partilhar com ela. Paulo sorri ao filho e conta que decidiu concordar em deixá-los ir para a Alemanha ao encontro de Filipe, depois da conversa que teve com o filho. Num impulso, Bela abraça Paulo e chora de alegria. Ele fica embaraçado e coloca as suas condições. Desejando que o filho passe com ele o Natal. Bela nem cabe em si de contente e abraça o filho, num gesto de gratidão. Marta assiste a tudo e esboça um sorriso franco, feliz pela amiga. Rodrigo janta com Otília e conta que estavam mais de duas centenas no funeral do pai. A mãe ironiza e comenta que tirando o facto de ter matado Rita, o marido até era uma boa pessoa. Rodrigo fica incomodado mas Otília promete com solenidade que a partir de agora não fará mais qualquer referência àquele assassino. O filho sublinha que o fim da auditoria à empresa e o facto de Gabriel estar prestes a comunicar os resultados, constituem problemas mais prementes e convida a mãe a participar nessa reunião. Otília não responde e prefere lamentar o facto de nunca mais estar com a neta, embora Rodrigo lembre que a menina voltará lá a casa depois do fim-de-semana. Otília pede-lhe que desista de ir viver noutra casa, ficando com a filha a morar com ela. Rodrigo afiança que não vai mudar-se para já, mas está claramente sem paciência para aturar a mãe. Susana e Beatriz elogiam Marta, quando a mãe surge vestida a preceito para janta com Gabriel. Ele quando chega para a ir buscar não esconde que está deslumbrado e confessa que Marta ainda está mais bonita do que é normal.

Na novela Os Nossos Dias, episódio de terça-feira, 22 de abril – Episódio 157 – Paulo esforça-se por animar Valdemar que foi expulso de casa pela mulher, depois de Celeste o ter apanhado aos beijos com Antónia no café. Valdemar afirma que não tem culpa porque não foi ele a tomar a iniciativa mas Carla e Regina acusam-no de ter traído a mulher. Paulo diz que o vai alojar em sua casa e o colega mostra-se esperançado que Celeste o perdoe. Susana certifica-se de que Beatriz já está a dormir e instala-se no sofá da sala a namorar com David. Falam do desejo que têm de viver juntos, mas também cientes de que sem terem rendimentos que se vejam, isso é praticamente impossível. O momento torna-se mais intenso e Susana, garantindo que Marta não vai chegar tão cedo por estar com Gabriel, excita David de tal forma que ele não consegue resistir ao seu convite ao amor. Desolado por não ter conseguido jantar com Marta e com a filha, Rodrigo vai ter com Luísa e usa-a para aplacar as suas frustrações. A ex-mulher deixa-se seduzir e corresponde aos beijos ardentes que Rodrigo lhe dá antes de fazerem amor.
Otília, com ar demente, guarda numa gaveta a arma com que assassinou Adalberto e, depois de a fechar à chave, sobe para o seu quarto. Susana e David ainda compõem as roupas depois de terem feito amor, quando Marta regressa a casa acompanhada por Gabriel. Os jovens escondem com cumplicidade que se envolveram e deixa-nos falar do jantar fantástico que tiveram. Susana acompanha David à porta e volta a trocar com ele beijos ardentes, felizes por não terem sido apanhados. Susana despede-se da mãe e de Gabriel deixando-os a sós, possibilitando que também se beijem com paixão. Depois de Gabriel ir embora, Marta encosta-se à porta da rua e deixa-se enlevar pelo momento de paixão que acabou de viver. Daniela não esconde o desespero antes de sair com Ana para ir fazer o teste de despiste do HIV. A professora esforça-se por lhe transmitir confiança mas a amiga não consegue controlar-se e começa a chorar. Carla surge vinda do quarto e protesta com Ricardo, que não se deixa ver, dando a sensação que anda a fugir dela. Ana esboça um sorriso amarelo e Daniela esconde as lágrimas. Carla estranha que elas estejam com tanta pressa para saírem e que Daniela não fale com ela. No entanto resigna-se a ficar sozinha a falar com as paredes. Marta confessa que está a ficar assustada quando Susana revela a sua paixão por David e que gostava de experimentar viver com ele antes de casar. A filha afiança à mãe que não vale a pena ficar preocupada, pois não pensa nisso para já e muda de assunto perguntando-lhe se ela e Gabriel já namoram. Marta não responde mas é “atraiçoada” pela entrega de um ramo de rosas em que Gabriel declara o seu amor. Susana ri-se como quem diz à mãe que não pode negar as evidências. Quando Beatriz se apresenta para o pequeno-almoço, Marta sinaliza a Susana que não lhe diga nada, enquanto vai colocar as rosas numa jarra, olhando-as apaixonada. Gabriel dá instruções a Bárbara para que prepare tudo para a reunião que vai ter com os auditores às contas da MobeLine. O seu telemóvel sinaliza uma mensagem e Gabriel fica radiante ao ler que Marta ficou radiante com as flores que ele enviou. Patrícia cruza-se com Bárbara e dá conta que já terminou o trabalho de limpeza, acrescentando que vai assinar contrato com o novo cliente. Bárbara afirma que também tem novidades e não são boas, contando à amiga que acordou com Nuno a separação e que já não vais com ele para Londres. Nuno conta a João que vai separar-se de Bárbara e confessa que até nem se está a sentir mal com isso, uma vez que ambos concordaram que só se estavam a iludir, querendo ficar juntos. Nuno reconhece que a perspectiva de vida que se lhe depara, apaga todas as coisas más e dispõe-se a receber João e Patrícia quando o quiserem visitar. Laura conversa com Manuel e confessa estar receosa de não conseguir entregar a tempo as batas que lhe foram encomendadas. O marido sugere-lhe que contrate uma das costureiras que outrora trabalhou com ela.

Fonte: RTP – Rádio e Televisão de Portugal

  • M. Conceição

    É apenas uma bonita novela com boas interpertações e uma bonita história na qual o “Rodrigo”, também tem o seu papel embora pouco simpático, mas faz parte…, e se não fosse esse papel também não seria esse o rumo.

  • Geiza Rita

    A novela é boa Mas o Rodrigo tira o gosto da novela. Espero que ele acabe mal e sozinho ele é muito mau e se acha que é assim k vai conseguir a Mrta ele está mto enganado

  • Luisa dias

    Adoro a novela os nossos dias, nao perco um episodio!!!!!

  • lourdes baltazar

    linda novela os nossos dias todos os dias estou desejosa que chegue a hora

Real Time Web Analytics